Você está aqui: Página Inicial > Portal do Servidor > Notícias > Começam as inscrições dos editais de afastamento para pós-graduação

Noticia

Começam as inscrições dos editais de afastamento para pós-graduação

Técnicos e professores podem se inscrever até 16/04, no portal da Compec
por Patrícia Lins publicado: 07/04/2021 17h57 última modificação: 07/04/2021 17h57

Têm início hoje, 07 de abril de 2021, as inscrições para os Editais nº 20/2021 e nº 21/2021, que ofertam vagas de afastamento para os servidores que cursam pós-graduação stricto sensu. Estão sendo ofertadas 50 vagas para docentes e 84 vagas para técnico-administrativos, distribuídas entre as unidades do IFPB.

As inscrições serão realizadas, exclusivamente, por meio do endereço: https://concursos.ifpb.edu.br. Os servidores deverão preencher o formulário de inscrição e anexar os documentos previstos no respectivo edital.

A declaração de que o servidor inscrito não responde sindicância ou processo administrativo disciplinar deve ser solicitada à Comissão Permanente de Sindicâncias e Processos Administrativos Disciplinares (COPSPAD),  através da abertura de processo eletrônico no Suap. Basta seguir o caminho: Módulo Administração > Processo eletrônico > Requerimento.

Por sua vez, a declaração do Anexo II deve ser preenchida pelo Setor de Gestão de Pessoas da unidade em que o servidor está lotado. A forma de solicitação é a mesma, mas o encaminhamento do processo deve ser feito ao Setor de Gestão de Pessoas. Para ambos os casos, a solicitação deve ser feita em tempo hábil para que os respectivos documentos sejam emitidos e devolvidos ao solicitante. 

Para sanar dúvidas sobre o passo-a-passo de como se inscrever, foi disponibilizado um Manual de Orientação que explica como acessar o sistema de inscrição e como preencher o formulário.

O resultado das duas seleções tem validade de 6 meses. A realização de processo seletivo como condição para a concessão do afastamento para participar de programas de pós-graduação stricto sensu está prevista no Decreto nº 9.991/2019, que instituiu a nova Política Nacional de Desenvolvimento de Pessoas da Administração Pública Federal.