Você está aqui: Página Inicial > Cajazeiras > Notícias > 2018 > 03 > Alunos participaram de Congresso Luso-Brasileiro

Noticia

Alunos participaram de Congresso Luso-Brasileiro

Três estudantes do curso de Engenharia Civil participaram de um dos maiores congressos mundiais sobre Materiais Sustentáveis.
publicado: 09/03/2018 11h51 última modificação: 12/03/2018 10h50

A diretoria de Ensino do Campus Cajazeiras tem cada vez mais investido na pesquisa e colhido bons frutos dessa iniciativa. Três alunos do curso de Engenharia Civil participaram do Congresso Luso-Brasileiro sobre Materiais Sustentáveis, realizado em Coimbra, Portugal, no mês de fevereiro.

Os estudantes Alex Landim, Paulena Araújo e Victor Landim apresentaram suas pesquisas sobre a utilização de materiais sustentáveis na produção de materiais de construção. Segundo o estudante Alex Landim, de 21 anos, o Congresso foi sua melhor experiência na vida acadêmica. “Foi um momento de grande aprendizado e troca de conhecimento. Vimos de perto as tendências internacionais na área e voltamos com uma maior bagagem científica e cultural para aplicar em nossas pesquisas no Campus Cajazeiras”, disse.

Alex apresentou o projeto sobre Adição de Resíduo de marmoraria na fabricação de tijolos de cerâmica, sob a orientação da professora Cintia Santos que, junto com o professor Robson Santos também orientou a pesquisa da estudante Paulene Araújo (22 anos). A também estudante de Engenharia Civil é pesquisadora desde 2013. Ela apresentou sua pesquisa sobre a "Substituição da Areia pelo pó de brita na produção de concreto convencional". Sobre a importância da sua pesquisa, Paulena foi enfática: “nosso objetivo principal é poder tirar esse material (pó de brita) da natureza, visto que não há um manejo adequado. Então, queremos mudar isso e dar uma utilidade a esse resíduo”, disse.

O aluno Victor Landim também dedica sua pesquisa academia à produção de materiais sustentáveis, sob a orientação do Professor Gastão Coelho. Em Coimbra, ele apresentou a o projeto que trata da Adição de garrafas pet moídas na produção de argamassa sustentável.

Os projetos desenvolvidos pelos alunos do Campus Cajazeiras, com foco na sustentabilidade dos materiais de construção, apresentam dados que comprovam a eficácia da substituição dos produtos usuais. Os estudantes falaram sobre o valor do apoio recebido pela diretoria do Campus. “Graças a Deus posso contar com o apoio do Campus Cajazeiras, que sempre esteve de portas abertas para apoiar os alunos em seus projetos de pesquisa”, disse Paulena Araújo.

Clara Marinho /  Jornalista IFPB

registrado em: