Você está aqui: Página Inicial > Pró-Reitoria de Extensão e Cultura > Cultura > Prêmio IFPB de Artes Visuais

Prêmio IFPB de Artes Visuais

por Verônica Rufino publicado 04/12/2020 10h07, última modificação 13/06/2022 14h20

O Prêmio IFPB de Artes Visuais 2022 (PAV-IFPB) é uma ação da Pró-Reitora de Extensão e Cultura, por meio da Diretoria de Cultura, contando com parcerias das coordenações de área de Artes, Cultura e Eventos (CAACE) e Audiovisual e Multimeios (CAUDIOM) do campus João Pessoa, da Diretoria Geral de Comunicação e Marketing (DGCOM) da Reitoria e docentes de Artes dos campi de Santa Rita, Sousa e Picuí.

Em sua edição 2022, o Prêmio IFPB de Artes Visuais homenageia em vida o artista paraibano Wilson Figueiredo e o artista plástico paraibano Hermano José (in memorian) pelo seu centenário de nascimento.

O Prêmio IFPB de Artes Visuais 2022 é um processo seletivo que pretende dar visibilidade e fomentar a produção contemporânea de artes visuais, nas expressões de 1) fotografia, 2) desenho e/ou pintura, 3) desenho e/ou pintura digital, 4) arte urbana, 5) instalação artística, 6) escultura e objeto, 7) audiovisual. O prêmio se insere nas programações e reflexões do IFPB sobre o “legado e novos olhares artísticos nos 100 anos da Semana de Arte Moderna”.

Sobre os homenageados:


Wilson Figueiredo (1949 - ): É artista plástico paraibano, escultor, pintor, desenhista, tem formWilson-Figueiredo1.jpgação de técnico em Edificações pelo antigo Cefet-PB, e é funcionário aposentado da antiga Saelpa. Traz em sua arte e matéria prima o ferro velho, materiais reutilizados, placas e chapas de ferro enormes e quadros com técnica inovadora em arame, proporcionando uma obra diversificada e criativa com temas que refletem a vida nordestina. De renome internacional, tornou-se imortal ocupando a cadeira de número 333 com o título de Chevalier Académicien da Mondial Art - Academia da França.

(Fonte: Paraíba Criativa)


Hermano José 
(1922-2015):

Hermano-Jos---1.jpgArtista plástico paraibano foi artista multi-linguagem, diretor teatral, cenógrafo, desenhista, pintor, gravador, crítico, e ativista cultural. Defensor das belezas naturais de João Pessoa, retratou e lutou pela preservação de pontos turísticos de importância geográfica e ecológica em suas obras e esteve envolvido politicamente em ações de preservação do meio ambiente na década de 90. Hermano deixou um enorme acervo de obras e seu legado não pode ser esquecido. Recebeu diversas homenagens em vida, foi homenageado pelo antigo Cefet-PB e por diversos órgãos públicos e privados da Paraíba.

(Fonte: Paraíba Criativa)


Informações importantes



Edital nº 10/2022 - PROEXC       Clique AQUI
Link para inscriçõesClique AQUI
Matéria no site do IFPBClique AQUI
Post no InstagramClique AQUI
Peças gráficasClique AQUI


Edições Anteriores