Você está aqui: Página Inicial > Cabedelo > Notícias > 2021 > 03 > Campus Cabedelo divulga Chamada Interna para distribuição de alimentos provenientes do PNAE

Noticia

Campus Cabedelo divulga Chamada Interna para distribuição de alimentos provenientes do PNAE

As manifestações de interesse devem ocorrer no período de 25 a 31 de março
por publicado: 25/03/2021 14h33 última modificação: 25/03/2021 14h36

O Campus Cabedelo publicou, nesta terça (25/03), Chamada Interna para entrega de kits com gêneros alimentícios para estudantes e seus familiares. O objetivo é apoiar a comunidade estudantil no contexto das dificuldades socioeconômicas relacionadas à pandemia do novo coronavírus, garantindo melhores condições de segurança alimentar e nutricional neste período.

Os gêneros alimentícios que compõem os kits disponibilizados através desta Chamada Interna foram adquiridos com recursos do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) referentes ao ano de 2020. Os estudantes de cursos da educação básica regularmente matriculados no IFPB Campus Cabedelo devem manifestar interesse em receber um dos kits disponibilizados até o dia 31 de março (quarta-feira) através de formulário eletrônico.

Acesse o formulário eletrônico de manifestação de interesse clicando aqui.

Todos os estudantes de cursos técnicos (integrados, subsequentes e PROEJA) regularmente matriculados no campus podem realizar a solicitação, que será avaliada pela Coordenação Pedagógica e de Apoio ao Estudante do Campus Cabedelo (COPAE) mediante análise de cumprimento de critérios. Uma lista preliminar será publicada no dia 01/04 e o prazo de recurso será no dia 02/04. O resultado final será divulgado no dia 05 de abril, e a entrega dos kits ocorrerá a partir da publicação do cronograma que será divulgado no Portal Institucional. 

A Chamada Interna nº 01/2021 pode ser acessada a partir deste link.

 

Sobre o PNAE

 

Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) oferece alimentação escolar e ações de educação alimentar e nutricional a estudantes de todas as etapas da educação básica pública. O Governo Federal repassa, a estados, municípios e escolas federais, valores financeiros de caráter suplementar para a cobertura de 200 dias letivos, conforme o número de matriculados em cada rede de ensino. Seu público alvo são os estudantes de toda a educação básica (educação infantil, ensino fundamental, ensino médio e educação de jovens e adultos) matriculados em escolas públicas, filantrópicas e em entidades comunitárias (conveniadas com o poder público).

Com a suspensão das aulas presenciais devido à pandemia da COVID-19, estudantes das redes públicas de ensino de todo o Brasil passaram a poder receber os gêneros alimentícios do PNAE na forma de kits de alimentos entregues à família.