Você está aqui: Página Inicial > Cajazeiras > Notícias > 2018 > 11 > Dia da Consciência Negra é comemorado no Campus Cajazeiras

Noticia

Dia da Consciência Negra é comemorado no Campus Cajazeiras

Ato teve debates, intervenções culturais e históricas nos períodos da manhã e noite.
publicado: 21/11/2018 11h35 última modificação: 26/11/2018 08h35

Em homenagem ao Dia da Consciência Negra comemorado no dia 20 de novembro, a Comissão de Implementação e Acompanhamento das Relações Étnico-Raciais realizou uma série de atividades que levaram à reflexão sobre a importância da valorização da cultura afro-brasileira no âmbito escolar. “Estarmos atentos a essas questões. Promover a reflexão e a resistência é nosso papel e a educação é a melhor ferramenta para combater o racismo”, afirmou Demétrio Gamboa, Presidente da Comissão.

A programação começou às 08h30 da terça-feira, dia 20, no pátio do Campus com a apresentação do grupo de Hip Hop de Cajazeiras, chamado Coletivo Minha Casa. Temas como cor da pele, marginalidade, corrupção, política e outros assuntos que interferem na sociedade fazem parte do repertório do grupo formado por cinco rapazes.

As atividades continuaram no auditório, com a apresentação da leitura dramatizada do texto “O Ativista” de Paulo Sacaldassy, dirigida pelo professor de Artes Germano Sertão. Na sequência, o professor de História José Marcelo fez uma intervenção cronológica relatando os principais fatos relacionados à escravidão e ao racismo, desde o período da colonização até os dias atuais.

Um dos momentos de maior participação do público foi o debate gerado após a apresentação de dois vídeos que trataram de temas como estética, representatividade, desigualdade racial, entre outros. As atividades foram apresentadas também no turno da noite, com a intervenção cultural do grupo de capoeira da cidade.

registrado em: