Você está aqui: Página Inicial > Cajazeiras > Notícias > 2017 > 11 > Campus Cajazeiras comemora 23º aniversário

Destaque

Campus Cajazeiras comemora 23º aniversário

Momentos de emoção, homenagens e apresentações culturais marcaram as comemorações
por publicado: 05/12/2017 13h16 última modificação: 05/12/2017 13h17

"Esta instituição nasceu para realizar os sonhos daqueles que aqui trabalham e que aqui estudam!" A fala da diretora-geral do Campus Cajazeiras sintetizou o sentimento de toda a comunidade acadêmica do Campus Cajazeiras, que comemorou no dia 04 de dezembro, seu 23º aniversário. As festividades aconteceram durante todo o dia, com apresentações culturais, homenagens, inauguração de laboratório e um jantar de confraternização.

O pró-reitor de Administração e Finanças, Marcos Vicente dos Santos, representou o reitor Nicácio Lopes na solenidade de abertura do evento, que foi iniciada com o hasteamento das bandeiras no pátio do campus. Em seu discurso, o pró-reitor destacou a alegria em retornar à unidade do IFPB da qual foi servidor no período de 1998 a 2002. "É um dos meus maiores orgulhos ter ajudado a edificar essa instituição", frisou. Marcos Vicente ainda mostrou, através de dados, o crescimento do campus ao longo de sua história. "O Campus Cajazeiras tem se destacado e ganhado notoriedade em ofertar educação profissional e tecnológica de qualidade, em todos os seus níveis e modalidades, formando e qualificando cidadãos com vistas a atuação nos diversos setores da economia, com ênfase no desenvolvimento socioeconômico local, regional e nacional. Feliz aniversário, Campus Cajazeiras!".

O bolo comemorativo foi cortado ao som da orquestra do campus aniversariante. Em seguida, a Orquestra Experimental do Campus Monteiro realizou sua apresentação, com canções de Tom Jobim, Luiz Gonzaga e Geraldo Vandré. 

Ainda pela manhã, foi realizado um momento de reflexão ecumênico, com o servidor Dimas Andriola; além da entrega de comendas a servidores pela Coordenação Municipal do Sindicato dos Trabalhadores da Educação Básica, Profissional e Tecnológica da Paraíba (SINTEF-PB).

Para a diretora Lucrécia, apesar das retenções ocorridas em 2017, o Campus Cajazeiras tem muito o que comemorar. "Mesmo diante de um ano de contenções, onde a palavra de ordem era 'cortar', nossa instituição está se mantendo em expansão. Realizamos diversas ações, como a reforma da biblioteca, a implantação de processos exclusivamente via Suap e a inauguração de laboratórios, como o de Matemática, que será entregue à comunidade no dia de hoje. Tudo isso é fruto do trabalho, compromisso, determinação e união de forças de muitos indivíduos: servidores, terceirizados, alunos e parceiros do campus. O IFPB Campus Cajazeiras, mesmo diante das adversidades, segue seu caminho, mudando a realidade, realizando sonhos e transformando vidas", complementou a diretora.

A programação festiva continuou à tarde, com apresentações culturais, como o Grupo Coco de Dona Zefinha, e à noite, com a inauguração do laboratório de Matemática e um jantar de confraternização com os servidores do campus.

Sobre o campus

O Campus Cajazeiras foi inaugurado em 4 de dezembro de 1994, quando o Instituto ainda era denominado Escola Técnica Federal da Paraíba. A Unidade de Ensino Descentralizada, como era inicialmente chamada, foi criada para atender as necessidades da região, dentro da perspectiva de interiorização da educação profissional. Cajazeiras foi a segunda cidade paraibana a receber um campus do IFPB.

Cajazeiras é um dos quinze municípios localizados na 9ª Região Geoadministrativa da Paraíba. Possui área de 565,896 km², população de 58.446 habitantes e densidade demográfica de 103,28 hab/km². Sendo considerado o sétimo maior município do estado em termos de população.

O Campus do IFPB em Cajazeiras tem contribuído para a transformação da realidade social, não só da cidade em que está instalado, mas de toda a região. Em pouco mais de duas décadas de existência, centenas de profissionais foram capacitados pelos cursos técnicos, desde o primeiro de Agrimensura até os atuais de Informática (Integrado ao ensino médio), Eletromecânica e Edificações (Integrados e Subsequentes ao ensino médio), além do Técnico em Segurança do Trabalho (EAD) e Técnico em Meio Ambiente (Proeja).

Nos últimos anos, através dos cursos superiores de Tecnologia em Automação Industrial e Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Licenciatura em Matemática e o Bacharelado em Engenharia Civil, a mão de obra qualificada formada pelo IFPB, no coração do sertão, tem garantido seu espaço em todo o Brasil e até fora dele.

Confira as fotos das comemorações na nossa página do Facebook.

Verônica Rufino - DGCom

registrado em: